Se você acha que criança não se preocupa com padrão de beleza, olhe de novo para a foto dessa postagem. Uma menina que brinca de Barbie certamente a coloca como seu ideal de beleza. E hoje eu não vou falar sobre cor do cabelo/cor da pele, ou outras coisas que a Barbie representa, mas sobre o corpo.

Dizemos hoje em dia que não se deve elogiar ou diminuir corpo de ninguém, principalmente feminino. Assim, diminuímos a necessidade de se enquadrar em alguma “beleza” impossível, mas precisamos fazer além disso.

É claro que é importante eliminar do nosso vocabulário frases como: “Se continuar comendo assim vai ficar enorme”, ou “Como você está magrinha, não está comendo?”. Ninguém precisa comentar sobre o corpo de ninguém, não somos exposição. Mas também precisamos ensinar nossas crianças que o que importa não é a nossa carcaça, mas sim o que temos por dentro. Nosso corpo é nosso e devemos amá-lo do jeitinho que ele é. Me faça um favor e ao invés de dizer algo tóxico diga a uma menina que ela é bonita do jeito que ela é, e que não precisa mudar em nada.

Já que não podemos mudar a indústria e fazer bonecas mais parecidas com a realidade, vamos pelo menos mudar o nosso discurso. Dessa forma, tenho certeza que nossa crianças se sentirão mais confiantes e com menos pensamentos autodestrutivos por aí.

 

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s